Regina Ripamonti

Atualidades e Meio Ambiente

Novo acidente ambiental nas Ilhas Galápagos

Em menos de um ano, mais dois preocupantes acidentes colocaram em risco um dos ecossistemas mais ricos do planeta

  fev 17, 2015     16:12
Novo acidente ambiental nas Ilhas Galápagos
Em 2001, um navio-tanque chamado "Jéssica" naufragou próximo à Puerto Baquerizo Moreno, com 240 mil galões de combustível. O derramamento do material gerou um grave problema ambiental, que afetou diversas espécies.

Em maio de 2014, o navio de carga "Galapaface I", com 19 mil galões de diesel e 300 galões de lubrificantes, ficou parado próximo à Punta Carola em San Cristóbal, sofrendo sérios estragos em seu casco. O governo local declarou "emergência ambiental".

Após o acidente, ocorrido em janeiro de 2015 com o navio "Floreana", na baía Naufrágio, de Puerto Baquerizo Moreno, capital da ilha San Cristóbal, o navio atolado com 1.400 toneladas de carga, que incluía 10 mil galões de combustível, 11 toneladas de óleo de pinha, 103 botijões de gás para uso doméstico e 48 toneladas de emulsão asfáltica fez com que o Governo do Equador ativasse "estado de emergência preventivo".

Após a perda de três dos cinco navios de carga que operam nessa região, sabe-se que o abastecimento de comida e combustíveis à ilha ficou prejudicado e o Parque Nacional Galápagos (PNG) informou que seu pessoal "intensificou as ações para reduzir os riscos ambientais provenientes do vazamento de materiais contaminantes no mar" Porém, até o momento não houve nenhuma notificação por parte das autoridades, de quais ações estão sendo tomadas para evitar que esse tipo de acidente torne a ocorrer.




Autor

Regina Ripamonti

Formada em Biologia e Pedagogia e com mais de 25 anos de atuação na área de Educação, Regina Ripamonti usará seu espírito investigativo e crítico para trazer assuntos de interesse veterinário e de educação ambiental, na busca de redefinição das relações do ser humano com o meio ambiente e a reafirmação de sua interdependência.

Relacionados

Comentários

Este post não possui nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

 


  Respondendo ...