Marcelo Silva Sader

Tecnologia Aplicada

Instituto de Química da USP desenvolve nariz eletrônico

Os dispositivos são capazes de identificar, pelo odor, diferentes tipos de madeiras, plásticos e até fungos em amostras de laranjas

  fev 10, 2015     10:13
Um dos dispositivos criados pelos pesquisadores foi desenvolvido para identificar e classificar diferentes tipos de madeira. A ideia é que ele possa ser utilizado em ações de fiscalização e combate à extração ilegal de madeira.

Agência FAPESP




Autor

Marcelo Silva Sader

Médico veterinário com especialização em análise de sistemas. Foi um dos precursores no desenvolvimento de sistemas para veterinários. Atualmente escreve para o NetVet News e trabalha em aplicativos e aplicações web para o mercado veterinário.

Relacionados

Comentários

Este post não possui nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

 


  Respondendo ...