Regina Ripamonti

Atualidades e Meio Ambiente

Drones, para o bem e para o mal

Chimpanzé dá seu recado a um drone "intruso", provavelmente por este lhe causar perturbação

  abr 16, 2015     09:40
No Brasil, a Latin America Aerospace and Defence (LAAD), que é a maior feira de defesa e segurança da América Latina, apresenta drones projetados para controlar manifestações a distância, com tanques que podem comportar cápsulas de gás de pimenta, balas de tinta e de plástico e canhões que podem disparar com precisão até 80 balas por segundo.

Enquanto isso, na Holanda, chimpanzés do Royal Burgers` Zoo (Koninklijke Burgers 'Zoo) já aprenderam como se livrar das câmeras indiscretas de um drone, que transmitiam suas imagens, para um programa de televisão.

O Burgers`Zoo foi construído de maneira a tentar recriar o habitat natural dos animais, em relação a vegetação e o clima. Nele, os animais não ficam confinados em pequenas áreas e com isso muitas vezes não é possível se avistar os animais com maior proximidade. Porém, no caso ocorrido nesse vídeo, não foi explicado qual a motivação da utilização de um drone nesse recinto.

Em alguns casos, os drones ou veículos aéreos não tripulados, têm ajudado nas ações de conservação e preservação ambiental. A startup britânica BioCarbon Engine resolveu apostar no poder dos drones para plantar um bilhão de árvores por ano. Na África, projeto Air Shepherd a abordagem de combate usando drones e big data (soluções tecnológicas) tenta combater a matança de elefantes e rinocerontes.

Veja mais: SEE IT: Camera-shy chimp knocks drone from sky with stick in Netherlands zoo




Autor

Regina Ripamonti

Formada em Biologia e Pedagogia e com mais de 25 anos de atuação na área de Educação, Regina Ripamonti usará seu espírito investigativo e crítico para trazer assuntos de interesse veterinário e de educação ambiental, na busca de redefinição das relações do ser humano com o meio ambiente e a reafirmação de sua interdependência.

Relacionados

Comentários

Este post não possui nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

 


  Respondendo ...