Marcelo Silva Sader

Produção Científica

Desvendando genes ligados ao crescimento muscular do pirarucu

Estudo recente desenvolvido na Universidade Estadual de Maringá mostra resultados que podem ser úteis na tentativa de melhorar as condições de criação e a sobrevivência da espécie.

  fev 16, 2015     11:53
A caracterização do crescimento muscular no pirarucu (Arapaima gigas) é de elevado interesse para os piscicultores, pois fornece informações de extrema importância sobre como esse mecanismo é regulado e permite o rápido aumento na massa muscular característico da espécie.

O pirarucu possui um crescimento muscular típico, o que destaca sua importância e seu valor comercial. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a morfologia e a expressão de genes relacionados ao crescimento da musculatura esquelética vermelha e branca do pirarucu. As amostras de músculo vermelho e branco foram obtidas da região lateral anterior superficial e profunda, respectivamente, e estas foram congeladas em nitrogênio líquido. Para análise morfológica, cortes histológicos obtidos em criostato foram submetidos à coloração com HE.

A expressão dos genes MyoD, miogenina e miostatina foi feita por PCR em tempo real após transcrição reversa (RT-qPCR). Em relação à expressão de MyoD e miogenina, não houve diferença estatística na comparação entre os músculos; por outro lado, a expressão da miostatina foi significativamente maior no músculo branco, em comparação com o músculo vermelho. Os resultados deste estudo refletem as características de crescimento muscular do pirarucu e podem ser úteis na tentativa de melhorar as condições de criação e a sobrevivência da espécie.

veja mais...




Autor

Marcelo Silva Sader

Médico veterinário com especialização em análise de sistemas. Foi um dos precursores no desenvolvimento de sistemas para veterinários. Atualmente escreve para o NetVet News e trabalha em aplicativos e aplicações web para o mercado veterinário.

Comentários

Este post não possui nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

 


  Respondendo ...