Edson Rodrigues Pereira

Histopatologia

Congestão hepática

Descrição histopatológica detalhada da congestão hepática, ilustrada com fotomicrografia

  abr 09, 2015     10:10
Congestão hepática
Fotomicrografia de corte histológico de fígado de animal da espécie canina, corado pela hematoxilina-eosina, com seus componentes histológicos característicos, que permitem diagnosticá-lo, representados pelos hepatócitos, espaços-porta com seus componentes constituintes clássicos (ramos da veia porta, artéria hepática, ductos biliares e sinusóides, além da veia hepática terminal).

Examinando-se o corte como um todo, nota-se que a lesão observada tem distribuição generalizada e se caracteriza pela dilatação acentuada de sinusóides, sendo que os mesmos encontram-se repletos de hemácias, sendo impossível distinguí-las dada a sua grande quantidade.

Em resumo, o achado predominante é caracterizado pela dilatação sinusoidal dos lóbulos hepáticos e preenchimento desses por grande volume de sangue.

Diagnóstico: CONGESTÃO PASSIVA HEPÁTICA

Para compreender melhor acesse:

Veja também:
Bons estudos!




Autor

Edson Rodrigues Pereira

O histórico acadêmido do Edson foi construido na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo. Graduado em 1986, concluiu o mestrado em Patologia Experimental e Comparada em 1992 e o doutorado em Patologia Experimental e Comparada em 1996. Atuou como coordenador do curso de Medicina Veterinária nas universidades de Guarulhos e Cruzeiro do Sul, e como professor das universidades Metropolitana de Santos, Anhembi-Morumbi . É membro da Rockefeler Foundation, representada no Brasil pela ABDL (Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Lideranças). Atualmente é professor da Universidade Anhembi-Morumbi.

Relacionados

Revisão de Histologia
Revisão de Histologia

Lâminas de Histopatologia
Lâminas de Histopatologia

Aulas de Patologia
Aulas de Patologia

Degeneração vacuolar hepática
Degeneração vacuolar hepática

Comentários

  1. visitante

    Nathali     maio 12, 2015    12:22

    Responder

    Esse site é excelente ele tem me ajudado muito nos estudos de patologia e consigo entender bem melhor as lâminas por aqui !!

Deixe seu comentário

 


  Respondendo ...